Tratamento caseiro contra varizes

Varizes são pequenas veias que depois de dilatadas se deformam e deixam marcas e calosidades nas pernas.
Isso acontece porque com o passar dos anos e os esforços feitos, as veias que deveriam funcionar como válvulas (impedindo que o sangue volte para os pés devido a gravidade) ficam obstruídas e não funcionam corretamente.
O resultado desse mau funcionamento é o retorno do sangue, conhecido também como refluxo, que ao se alojar em algum local cria pequenas bolsas do mesmo.

Existem três tipos de varizes sendo diagnosticadas das mais simples até as mais severas sendo:Aranhas vasculares: são as pequenas veias roxeadas, popularmente conhecidas como “vazinhos”. Elas são a forma inicial do problema e caracterizam-se por pequenas veias que ficam logo embaixo da pele.Varizes: quando as aranhas vasculares viram varizes, é sinal de que as dificuldades do sangue voltar o seu trajeto já atingiu veias maiores, gerando assim um agravamento do problema.

Edema: quando surgem os edemas, é sinal de que existem muitas varizes formando então inchaços nas pernas. Esses inchaços podem causar cãibra, sensação de queimação, sensação de peso e dor no trajeto das varizes.

 

Na maioria dos casos as varizes são herdadas geneticamente, ou seja, o indivíduo traz no DNA alguma deficiência que baixa a resistência das paredes das veias, facilitando sua dilatação.
Elas podem ser azuladas, roxas ou vermelhas e são claramente visíveis através da pele. Este problema pode afetar tanto mulheres, quanto homens e costuma se concentrar nas pernas e pés.

Veja também!  Quem dança calorias espanta! Benefícios da dança na perda de peso
Além do incomodo estético, as varizes causam inchaço, dor, cansaço e uma sensação de peso nas pernas. Em alguns casos mais graves podem surgir também coceira, ardência, câimbras e até dormência nas áreas afetadas.
Num primeiro estágio, elas não representam um risco direto à saúde, mas muitas pessoas ficam insatisfeitas com as ‘manchas’ escuras em sua pele.

 

Existem diversos fatores de risco que podem levas às varizes nas pernas como:

Sexo feminino – a progesterona (hormônio encontrado na mulher), podem causar a dilatação das veias favorecendo para o surgimento das varizes

Anticoncepcional a base de progesterona – exatamente pelo motivo anterior, os anticoncepcionais à base de progesterona também podem auxiliar para o surgimento das varizes.

Idade – conforme a idade vai chegando, as válvulas vão deixando de realizar o seu devido serviço, desta forma torna-se mais provável ter varizes conforme a idade torna-se avançada.

Histórico familiar – a genética também é uma grande causa de varizes, isso pois existem componentes na genética familiar que pode contribuir para o aparecimento da mesma.

Obesidade – quando uma pessoa se encontra acima do peso, a pressão sobre a veia aumenta, desta forma, é mais fácil haver o dilatamento da mesma criando então as varizes.

Tabagismo – o tabagismo é um grande agressor dos vasos sanguíneos, desta forma, ele pode prejudicar a saúde do ser humano e colaborar para o aparecimento das varizes.

Sedentarismo – ficar parado diminui o retorno venoso, ou seja, colabora para a diminuição do bombeamento cardiovascular, e automaticamente, colaborando para as varizes.

Gravidez – com a gravidez, o corpo da mulher passa a produzir mais hormônio, além de exercer um volume maior do sangue, podendo então gerar as varizes.

Traumas – qualquer pessoa que venha a sofrer algum tipo de lesão que prejudique as veias, pode ter varizes.

Muito tempo parado ou com as pernas sobradas – a mesma explicação funciona para quando uma pessoa está sedentária, já com as pernas dobradas, o sangue fica em uma luta constante para vencer a gravidade, assim, esse processo pode acabar não sendo feito com qualidade gerando então as varizes nas pernas.

Condições que aumentam a pressão no abdômen – problemas como doenças do fígado ou insuficiência cardíaca também podem levar o indivíduo a ter varizes.

Tratamentos

  • CirurgiaAtualmente muito se diz sobre o tratamento contra varizes através de cirurgia. Apesar do nome, é um procedimento simples de remoção das veias já inúteis, que é feito por um médico que as retira e deixa inativo aquele ‘caminho’. O paciente sai no mesmo dia do hospital, mas a recuperação leva algumas semanas e requer a utilização de bandagens.
  • Meias elásticas Já em casos de diagnóstico precoce e mais leves, o mais utilizado ainda é o tratamento só com meias elásticas e medicação que ative o fluxo venoso, prevenindo assim a formação das bolsas.
  • Aplicações é feito em varizes superficiais. Consiste na aplicação de drogas que necrosam a veia e impedem a passagem do fluxo de sangue. É um procedimento caro e também exige cuidados e mais de uma sessão.
  • Laser tem o mesmo efeito da cirurgia, mas com menos invasão. Não é muito recomendado porque apesar da eficiência é uma técnica que deixa como sequela pequenas manchas brancas na pele.
Além dos recursos oferecidos pela medicina tradicional, dois ingredientes que você tem em casa podem ajudar – e muito – na luta contra a varizes.

Tomates-Verdes

Compre tomates verdes, corte-os em fatias e coloque-os sobre a pele no local afetado pelas varizes. É muito importante que os tomates não estejam maduros! Ao contrário dos vermelhos, os tomates verdes contêm solanina, uma substância fundamental no tratamento de varizes.

A solanina é um alcalóide, ou veneno natural, encontrado tanto em batatas, quanto em tomates verdes, por isso é altamente recomendado não comê-los. Para usá-los a favor da estética, basta deixar o tomate verde ou batata esverdeada na pele por 2-3 minutos. Depois de remover o vegetal, aplique uma loção hidratante no local, porque a solanina desidrata a pele. Repita este processo 1 vez ao dia, durante 10 dias. Ao final do tratamento, suas varizes terão desaparecido ou diminuído consideravelmente.

 

Vinagre de Maçã

Aplique um pouco de vinagre de maçã num chumaço de algodão e coloque sobre a região afetada pelas varizes. Repita o processo 3 vezes por dia, durante 4 semanas. Após este período (ou possivelmente mais cedo), você verá o resultado.
Cuidado: Se suas varizes estiverem localizadas no rosto ou em outro local sensível, não use o vinagre de maçã. Todos os tipos de vinagre irritam a pele e podem causar problemas em regiões mais ‘delicadas’ do corpo.

 

A ajuda da medicina natural

A medicina natural oferece várias dicas para aliviar os sintomas causados pelas varizes. Confira algumas receitas que são recomendadas na prevenção e no tratamento desse mal:

Chá de alecrim:

  • 1 colher de sopa de alecrim
  • 1 colher de sopa de bardana
  • 1 colher de sopa de tanchagem
  • 1 litro de água

–Misturar as plantas à água e levar ao fogo até ferver. Tomar de 2 á 3 xícaras por dia acrescentando 30 gotas de própolis a cada dose.

Abacate:

  • 12 folhas de abacate
  • Álcool
  • 3 pedras de cânfora

–Picar as folhas e cobrir com o álcool a 90 graus. Acrescentar as pedras de cânfora e deixar descansar por uma semana em local sem luz . Aplicar em cima das varizes para aliviar as dores e a tensão.

Limão: – Tomar suco de limão várias vezes ao dia é uma ótima alternativa para quem sofre de problemas vasculares.

 

Aloe Vera

O aloe vera, também chamado de babosa, é uma planta, também conhecida por babosa, que tem efeitos cicatrizantes e calmantes. Experimente quebrar a folha da planta e passar a gelatina contida em seu interior nas varizes.
Massageie em cima do local afetado, estimulando a circulação sanguínea, diminuindo a dor e o inchaço. Aloe vera é uma planta que pode ser cultivada em casa e que é essencial em diversas situações, inclusive para que busca entender como tratar as varizes com remédios caseiros.

 

Cenoura e vinagre

Se você está na busca por descobrir como tratar as varizes com remédios caseiros, saiba que esta máscara pode lhe ajudar. Misture cenoura e vinagre de maçã a um pouco do gel natural de aloe vera, até que forme um creme.
O aloe vera calmante e a cenoura rica em betacaroteno, auxiliam no fortalecimento da pele na região. A acidez do vinagre atua na contrição dos vasos, diminuindo a espessura e o inchaço, além de ajudar a diminuir o cansaço das pernas.

 

Erva-cidreira

Com 6 folhas de Pariparoba, 4 folhas de confrei e 1 colher de erva-cidreira embebidas em álcool, você faz um remédio que lhe ajudará a tratar as varizes. Deixe a mistura agir por 24h e ao fim deste tempo, com um pano limpo, aplique sobre as varizes. Para obter um resultado satisfatório, repita a aplicação no mínimo 3 vezes ao dia.

 

Remédios caseiros para ingerir

Mirtilo

Esse remédio é uma prova de como tratar as varizes com remédios caseiros de forma prazerosa. Isso porque o mirtilo é uma fruta doce e muito saborosa, que pode ser utilizada de diversas formas diferentes.
Se você fizer uma infusão com a fruta, utilizando uma colher de sopa de mirtilo para cada xícara de água, obterá um chá delicioso e com forte poder adstringente, que drenará o sangue coagulado, diminuindo o inchaço. Tome duas xícaras por dia.

 

Alecrim

A planta que é tão pequena e utilizada em temperos de comidas pode te ensinar como tratar as varizes com remédios caseiros. O alecrim atua diretamente na circulação sanguínea e tem efeitos diuréticos, reduzindo a retensão de líquidos e o inchaço nas áreas do corpo, agindo diretamente na diminuição das varizes.
Ferva 1 colher de sopa de alecrim para cada meio litro de água. Após a fervura, deixe descansar por 10 minutos, coe e beba. A dose diária é de 3 xícaras da bebida.
Saiba mais: As pernas humanas possuem veias responsáveis por irrigar os membros inferiores com sangue e então devolvê-lo ao coração. Nessas veias, existem válvulas que ajudam o sangue a seguir a direção correta, sem se
deixar levar pela ação da gravidade, que o faria retornar aos pés.

Quando alguma dessas válvulas para de funcionar, o sangue se acumula nas veias em locais que não deveria, gerando inchaços e torções dolorosas nos vasos. A estas veias chamamos de varizes.


Veja também!  15 dicas de bebidas para substituir o café

 

Fonte: www.naoacredito.com.br / www.remedio-caseiro.com

 

Como o Pilates pode ajudar no tratamento das varizes nas pernas?

Por conter movimentos suaves e de grande relaxamento, o Pilates pode ser indicados para o tratamento de diversos problemas como é o caso das varizes nas pernas.

Os exercícios do Método não possuem impactos e ajudam no fortalecimento, condicionamento físico, circulação e outros diversos aspectos.

Por trabalhar a circulação sanguínea, o Pilates ajuda no tratamento das varizes evitando dores e colaborando para e melhora significativa do quadro clínico.

Desta forma, o indivíduo fica mais saudável e consequentemente de bem com a vida.

O Pilates também pode ser associado com a caminhada para auxiliar neste tratamento, onde um complementa o outro trazendo melhoras para a circulação.

Sendo assim, o Pilates é sim recomendado e um grande aliado para as varizes nas pernas.

Mas lembre-se: é importante que haja uma liberação médica para que os exercícios possam começar a serem praticados, além disso, procure sempre pedir o auxílio do seu instrutor, para que esses movimentos possam ser realizados corretamente.

 

Curso on-line de Formação completa em Pilates: aparelhos, solo e acessórios

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *