Tipos de macarrão, qual o molho mais indicado + Receitas

Existem as massas secas e as massas frescas. Ambas são bastante saborosas e podem ser encontradas em diversos formatos, cores e recheios. Na Itália, onde a massa é prato nacional, a massa é consumida al dente e há mais de 500 variedades. No Brasil, não chegamos a tanto, mas também temos inúmeras opções.
Confira agora os principais tipos de macarrão:

 

Veja também!  Ebook - Receitas de sanduíches Low Carb

Espaguete (Spaghetti)

Espaguete é um tipo de massa cilíndrica, compacta, longa e fina. O nome é um aportuguesamento de spaghetti, que em italiano é o diminuitivo de spago, corda. Há vários tipos de espaguete conforme o seu diâmetro. Diz-se que cada italiano consome cerca de 30 quilogramas anuais de massas, enquanto que no Brasil esse consumo é da ordem de apenas 5,7 quilogramas por ano.

 

Lasanha (Lasagne)

Lasanha é um tipo de massa em folhas (normalmente ondulada na América do Norte mas não na Itália). Também é um prato por vezes chamado Lasanha no Forno feito com camadas alternadas de massa, queijo e ragu (um molho de carne). A palavra lasanha provém da grega “lasanon” que significa pote de quarto. O termo foi depois emprestado pelos romanos como “lasanum” para significar pote de cozinhar. Os italianos usaram a palavra para definir o prato onde, hoje se sabe, era feita a Lasanha.

Capelete (Capelletti)

Capelete é uma massa em forma de pequenos chapéus tricornes recheados. Com o capelete é possível preparar os mais diversos tipos de pratos. Desde sopas até assados, com molhos ou legumes e verduras.

Ravióli (Ravioli)

Ravioli é uma massa feita com trigo envolvendo alguma carne ou vegetal sendo coberto por algum tipo de molho. Sua origem é a Itália. É conhecido também como Cappellacci.
Veja também!  12 receitas simples de ovo de Páscoa para fazer em casa

Pena (Penne)

Penne são massas em forma de cânula de pena (canudo), servidas com um molho muito picante (arrabbiata). Em certas regiões da Itália, no norte por exemplo, é usado um tipo de pimenta que dá a este prato um ardor forte, tornando-o, no entanto, mais saboroso. Este macarrão é provavelmente uma das formas de massas mais conhecidas, disponível na maioria dos mercados e mercearias.

Penne ao molho cremoso

  • 1/2kg de tomate
  • 1/2 xícara (chá) de água
  • 200g de bacon
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 2 colheres (sopa) de margarina
  • 1 pimentão vermelho
  • 1 lata de creme de leite (300g)
  • 1 pacote de macarrão tipo penne (500g)
  • 1/2 xícara (chá) de queijo parmesão ralado para polvilhar.

Bata os tomates no liquidificador com a água, em velocidade média e coe para eliminar as sementes. Despeje em uma panela, em fogo médio, cozinhe até ferver e ficar com a textura de molho. Desligue e reserve. Corte o bacon em tiras e frite em uma panela com o azeite e a margarina. Adicione o pimentão inteiro e deixe fritar por igual. Retire o pimentão, acrescente o molho de tomate, o creme de leite e deixe no fogo por 10 minutos. Em outra panela, cozinhe o macarrão conforme as instruções da embalagem. Escorra e transfira para uma tigela. Junte com o molho, polvilhe com o queijo parmesão ralado e sirva.

Área Pequenas Indústrias 13

Concha (Conchiglie)

Concha, também chamado de escudo, é um tipo de macarrão que é  normalmente vendido na sua variedade simples feito de trigo. Também são vendidos em variedades coloridas que utilizam pigmentos naturais, como extrato de tomate, tinta de lula ou extrato de espinafre. A forma da concha da massa é bom para pegar o molho. É um dos tipos de massas mais popular no Reino Unido. Também existe uma variedade com um formato um pouco menor, sendo chamado de mini concha.

 

 

Caramujo

Caramujo é um tipo de macarrão que possui a forma exata de um caramujo. É muito usado em diversos tipos de pratos, inclusive ensopados.

Macarrão caramujinho colorido

  • 300 g de macarrão caramujinho
  • 2 tabletes de caldo de costela
  • 600 ml de molho de tomate pronto
  • 250 g de maionese
  • 1 colher (sopa) de orégano
  • 1 colher (sopa) de salsinha picadinha
  • 250 g de queijo mussarela ralada
  • 100 g de presunto em cubinhos
  • 200 g de peito de frango cozido e desfiado
  • 100 g de ervilhas
  • 100 g de cenoura ralada
  • 100 g de milho verde
  1. Cozinhe o macarrão com o caldo de costela, escorra e reserve.
  2. Em um refratário , misture todos os ingredientes e o macarrão e lve ao forno para gratinar por aproximadamente 15 minutos.

 

Veja também!  Receitas de tortas doces + Receita de massa para torta doce

Parafuso

Parafuso é um tipo de macarrão bem popular no Brasil. Com ele é possível preparar vários pratos diferentes, inclusive saladas.

Desvendando Segredos – Massas Frescas e Molho

Salada de Macarrão Parafuso

meio pacote de macarrão tipo parafuso (250 g)
1 xícara (chá) de presunto em cubos pequenos
1 xícara (chá) de queijo mozarela em cubos pequenos
1 tomate grande sem sementes, picado
3 colheres (sopa) de azeitonas verdes picadas
1 sachê de MAGGI Natusabor Salsinha, Orégano, Cebolinha
1 colher (sopa) de azeite
Em uma panela com água fervente e sal, cozinhe o macarrão até que esteja “al dente”. Escorra, passe pela água fria, escorra novamente e transfira para um recipiente. Adicione o presunto, o queijo mozarela, o tomate, as azeitonas, o MAGGI Natusabor e o azeite e misture bem. Leve à geladeira até servir.

Gravata (Farfalle)

Farfalle é um tipo de macarrão em formato de borboletas.  No Brasil são chamados de gravatas. Existe uma variedade feita de trigo e uma variedade de diferentes cores onde são adicionados tomate e/ou espinafre.

Padre Nosso

Padre Nosso é um tipo de macarrão muito usado para fazer sopas. Também é chamado de macarrão picado.

Macarrão padre nosso com creme de milho e linguiça

  • 500 g de macarrao padre nosso
  • 2 tabletes de caldo de galinha
  • 1 lata de milho verde em conserva
  • 2 colheres sopa de óleo
  • 300 g de linguiça defumada em cubos
  • 3 cenouras picadas
  • 1 cebola media picada
  • 1 lata de creme de leite
  1. Cozinhe o macarrão conforme as instruções da embalagem.
  2. Bata no liquidificador o milho com 1 xícara de água e o caldo de galinha.
  3. Aqueça o óleo, coloque a linguiça e refogue por aproximadamente 5 minutos.
  4. Coloque a cenoura e mexa por 3 minutos.
  5. Coloque 6 xícaras de água e espere cozinhar a cenoura.
  6. Coloque o milho batido e cozinhe por 3 minutos.
  7. Adicione o creme de leite e misture ao macarrão já cozido e escorrido.

 

Veja também!  12 Receitas de Sanduíches para vender

Espiral (Spirale)

Espiral é um tipo de macarrão nem tão popular mas é usado para preparar vários tipos de pratos. Possui um formato diferenciado.

Livro de Receitas – Massas – Macarrão

Uma coletânea de 5.838 receitas saborosas de macarrão em formato PDF, pronta para impressão e encadernação. Todas as receitas foram retiradas do Mega Portal Marques Receitas (www.marquesreceitas.com.br). Algumas receitas que encontrará neste ebook completo: – a melhor receita de massa na panela de pressão; – a macarronada simples de atum; – receita à moda da casa; – receita de almoço para 4 pessoas; – receitas de bolo de macarrão; – receita de cabelinho de anjo com molho de alecrim… Todas as receitas especificados os ingredientes, modo de preparo, o rendimento de cada receita e o tempo de preparo. Excelente material e com preço especial!

Idioma: Português (Brasil)

Forma de Acesso: Arquivo Digital

Formato: eBooks, Documentos

COMPRAR

Veja também!  Receita de Pão de Páscoa com Granola

Talharim Verde

Talharim Verde é uma variação do talharim tradicional. Pode ser usado em vários tipos de receitas e ocasiões. É muito apreciado com molho branco e com outros tipos de molhos e cremes.

Talharim verde a pomodoro

300g de massa talharim verde (de espinafre) cozida

  • 100g de tomate italiano sem pele e sem semente cortado em cubos
  • 20ml de azeite extra virgem
  • 1/2 dente de alho
  • Queijo parmesão ralado a gosto
  • Sal a gosto
  • Manjericão a gosto

Modo de Preparo

Para o molho, doure o alho no azeite. Acrescente os cubos de tomate e refogue-os até ficarem macios. Adicione o sal e o manjericão a gosto. Em seguida, disponha o macarrão em um prato fundo, próprio para massas, acrescente o molho e decore com folhas de manjericão. Sirva com queijo parmesão ralado.

 

Rigatone (Rigatoni)

Rigatone é um tipo de macarrão em forma de tubo. Ele é maior do que o Pena. Tem um corte quadrado e termina ligeiramente curvado. É comumente consumido recheado.

 

Fetucine (Fettuccine)

Fetucine é um tipo de massa popular na cozinha romana . É um macarrão plano feito de ovo e farinha. Eles são comidos com carne e frango. São tradicionalmente feitos em casa ou comercialmente, mas secas também podem ser comprados.

Veja também!  Receitas de Café da Manhã Low-Carb Para Emagrecer

Ninho

Ninho é um tipo de macarrão que se assemelha muito com um ninho de passarinho. Existem ninhos de vários tamanhos, desde os mais fininhos até os que possuem uma espessura bem mais grossa. Por causa de seu formato pode ser consumido de várias formas diferentes.

 

Cabelo de Anjo ou Aletria

Cabelo de Anjo ou Aletria é uma massa em fios finos que é utilizado para fazer sopas e doces. Muito usada pelo proletariado francês durante a Revolução Industrial. Atualmente a aletria pertence à culinária portuguesa, posto que fora trazida a Portugal pelos mouros. Em Portugal, são famosos os doces de aletria.
Veja também!  Bolos no Pote e Bolos na Taça

Ave Maria

Ave-Maria é uma variação do macarrão Padre-Nosso. A Ave-Maria é menor, porém é bem utilizada para fazer sopas, assim como o Padre-Nosso.

Macarrão ave-maria com requeijão cheddar

  • 500 g de macarrão ave-maria
  • 1 caixa de creme de leite
  • 2 colheres (chá) de margarina
  • 4 dentes de alho
  • 1 copo de requeijão cheddar
  • Noz-moscada em pó
  • Salsinha a gosto
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 1 colher (chá) de amido de milho
  • 1 pacote de queijo parmesão ralado

Cozinhe o macarrão ave-maria (al dente) e separe. Coloque em uma panela, manteiga e alho para dourar, sem deixar escurecer muito. Acrescente o creme de leite e o leite com o amido de milho. Quando engrossar, acrescente o cheddar, a noz-moscada e por último a salsinha. Em um refratário, coloque o macarrão cozido e o molho por cima.

Polvilhe com queijo parmesão ralado.

 

Argolinha

Argolinha é um tipo de macarrão que possui um formato pequeno e por isso é bastante utilizada no preparo de sopas e saladas. Também pode ser utilizada como prato principal e até mesmo em pizzas.

Caldo de feijão com macarrão argolinha

4 xícaras (chá) de feijão-carioquinha cozido com caldo
3 xícaras (chá) de água
4 colheres (sopa) de azeite
1 cebola picada
2 dentes de alho picados
1 cubo de caldo de carne
1/2 pacote de macarrão argolinha (250g)
Sal, cheiro-verde picado e azeite a gosto

Modo de preparo:
No liquidificador, bata o feijão com a água por 3 minutos. Reserve. Em uma panela, em fogo médio, aqueça o azeite e refogue a cebola e o alho até dourar. Adicione o caldo de carne e o feijão batido e cozinhe até ferver. Junte o macarrão e cozinhe em fogo médio até o macarrão ficar al dente. Tempere com sal e cheiro-verde, se necessário, polvilhe com cheiro-verde e regue com azeite. Sirva em seguida.


O melhor molho para cada tipo de macarrão

Massas mais longas ficam melhores se evitar molhos cremosos e usar os mais líquidos (para facilitar puxar o espaguete com a boca, por exemplo).

Já as massas menores e curtinhas ficam melhores se combinadas com molhos mais grossos (que ficam presos nas curvas de um macarrão como o parafuso).

Espaguete e linguine ficam perfeitos com molhos líquidos e mais grossos. Quanto menos cremoso, melhor, pois creme demais pode fazer tudo ficar grudado e virar uma “massa” só.

Use molho sugo, bolonhesa, pesto, bechamel, carbonara, alfredo e, claro, o famoso alho e óleo.

Bucatini é um tipo de espaguete, porém mais grosso e com um furinho no meio. Como ele é mais difícil de ser puxado pela boca, o melhor é acompanhar com molhos líquidos, mas um pouco mais engrossados, como alfredo, pesto e putanesca.

Fettuccine, tagliatelle e pappardelle são massas longas também, porém mais largas e achatadas, parecendo fitas.

Elas combinam com quase todos tipos de molhos, mas é mais comum vê-las acompanhadas de ragus, que são molhos feitos de carne (ou frango) cozidos com vinho e molho de tomate por longas horas, ficando bastante espessos.

Talharim é um meio termo entre linguine e fettuccine: também é longo e levemente largo. Fica bom acompanhado de molho carbonara, alfredo, ragu e molhos que tenham frutos do mar.

Capellini também é chamado de cabelo de anjo. É um macarrão longo, porém super fino, realmente parecendo um fio de cabelo.

Como ela é super fina, o melhor modo de fazer essa massa é em sopas ou gratinadas com recheio.

Por causa disso, pode ser feita com qualquer molho que acompanhe a receita, mas os mais comuns são bechamel, sugo ou manteiga com ervas.

Fusilli, penne e farfalle são super comuns de serem encontradas nos mercados e a alternativa mais popular ao espaguete.

Por serem curvadas, frisadas ou com buracos, os molhos e recheios são muito bem absorvidos por esse tipo de massa. Quanto mais ingredientes enriquecendo os molhos, melhor!

Bolonhesa, molhos refogados com azeitona e legumes, atum e carnes e também molhos cremosos bem espessos. Também são ótimos para saladas (com ou sem maionese).

Por ser bem aberto, é muito comum que receitas com rigatoni incluam recheios e molhos bastante cremosos e à base de queijo, geralmente gratinados.

Além de molhos cremosos de queijo, o macaroni também fica ótimo com carnes e legumes picados.

Ravioli, tortellini e capeletti são massas recheadas que parecem pasteizinhos. São super versáteis, podendo ser preparadas em molho sugo, bolonhesa, bechamel ou quatro queijos, gratinadas ou até mesmo em sopas.

Conchiglione tem um nome estranho e realmente parece uma concha gigante. Pelo fato de ser grande e bem aberto, é preparado com bastante recheio.

Siga a dica: carnes vermelhas combinam com molho vermelho e carnes brancas combinam com molho bechamel ou quatro queijos. Se você usar legumes para o recheio, o molho escolhido varia de acordo com sua criatividade no momento, mas também ficam ótimos com ervas e alho. Para dar o toque final, ele pode ser gratinado!

Gnocchi ou nhoque é uma massa que tem alguns formatos variados, dependendo de quem o faz.

Pode ser combinado com diversos tipos de molho, ao gosto de quem está cozinhando. Os mais comuns são bolonhesa, manteiga e ervas, rosé e quatro queijos.

 

Veja também!  Fórmula Viver De Pizzas

 

Argolinhas, letrinhas, conchas, estrelas, risoni, ave maria e pai nosso. São diversas opções de massas pequenas e todas elas são quase exclusivamente adequadas para sopas.

 

Fonte: minhamarmitatem.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *